Nossa missão é provocar a transformação do empreendedor para potencializar resultados.

O Clube do Networking é um ciclo de reuniões com empresários que potencializa resultados. Não somos um curso, mas temos metodologia e didática própria. Não somos um grupo de troca de indicações comerciais, mas propiciamos inúmeras oportunidades de negócios para todos os participantes. Não somos uma reunião de mastermind, mas ajudamos a resolver problemas e colaboramos com o desenvolvimento pessoal do empreendedor por meio da troca de informações e colaboração mútua dos participantes. Não somos uma aceleradora, mas agilizamos os resultados de todas as empresas participantes em um espaço muito curto de tempo.

Aproximando pessoas.

Um dos mitos do networking é achar que ele serve para vender, quando na verdade networking serve para resolver problemas. E ao resolver problemas eu acabo vendendo mais. Simples assim.

Muitos empreendedores vão a eventos “fazer networking”. Voltam para casa depois de ter distribuído e coletado centenas de cartões de visitas. No dia seguinte disparam vários e-mails tentando vender o seu produto ou serviço para as pessoas que ele “conheceu” no evento. Mas em momento algum, o empreendedor se preocupou em conhecer verdadeiramente o seu interlocutor, quais os seus projetos, quais as suas dificuldades e no que ele pode ajudar.

Fazer networking é conhecer alguém com um problema, saber de outra pessoa capaz de solucionar essa necessidade, e ligar esses dois indivíduos. Um dia, essa roda vai girar e você estará na posição de ser ajudado e, graças a um amigo em comum, outro sujeito, desconhecido até então, poderá arrumar uma saída para suas dificuldades. Ou seja, networking é feito por quem conecta. Quanto mais pessoas você conectar, maior será a sua rede de contatos.

Estimulando conexões


É importante que a network seja formada por um número diversificado de pessoas. Por exemplo, tenha em sua rede de contatos, pelo menos, cinco pessoas dos seguintes perfis:

Mentores


Pessoas que lhe mostram oportunidades. Que já chegaram lá (onde você ainda não chegou). Elas vão lhe mostrar os caminhos, abrir portas para oportunidades, corrigir a sua rota e talvez até lhe patrocinar.


Juniores


Pessoas que você mentora. Elas também vão lhe dar acesso a inovações, pois são mais jovens e convivem melhor com diferentes tipos de informação. O que será uma fonte excelente para novas tecnologias.


Pares


Pessoas que fazem exatamente o mesmo que você faz. Elas vão lhe dar dicas técnicas de como resolver um determinado problema.

Primos


Pessoas que atuam na mesma área que você. Elas vão lhe mostrar quais as tendências do seu mercado. Clientes costumam ser bons “primos”.

Pontes


São pessoas que tem atuação completamente diferente da sua. Essa é a principal rede, mas infelizmente é a mais negligenciada. Ao nos relacionarmos com nossos Pares e Primos, ganharemos muitos conselhos e apoio. Mas eles sabem muito do que já sabemos. Enquanto isso, as Pontes, como o próprio nome diz, nos darão acesso para onde queremos chegar. Essas relações externas são as que mais ampliam nossas perspectivas e nos levam às ideias estratégicas e inovadoras. São esses relacionamentos que, muitas vezes, nos levam até novas oportunidades.

Dica Extra


Caso você não tenha pelo menos cinco pessoas de cada perfil, não perca tempo. Comece hoje mesmo a montar a sua network. Vá ao encontro de pessoas que realmente vão potencializar os seus resultados. Mas lembre-se, seja interessante e não interesseiro. Quanto mais relevante você for para a sua rede, mais relevantes eles serão para você. Ajude primeiro. Depois você será ajudado.


Promover oportunidades


O que fazemos no Clube do Networking é acelerar o convívio entre empreendedores, profissionais liberais, consultores e parceiros de negócios, canalizando o foco para a identificação de oportunidades.